13 de janeiro de 2024

36 Anos da APDA


Passam 36 anos, neste 13 de janeiro de 2024, que foi fundada a APDA – Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas.

Este aniversário celebra-se num contexto de grandes incertezas, nacionais e internacionais, com particular destaque para uma aceleração das alterações climáticas, com sérias repercussões nas disponibilidades de água em vastas regiões do Mundo, e graves conflitos armados na Europa e Médio Oriente, ameaçando a paz e a segurança globais.

Entre nós acresce a indefinição político-institucional resultante dos vários atos eleitorais, que se realizarão no curto espaço de 6 meses e onde se incluem as eleições para o Parlamento Europeu. Este quadro, infelizmente, não contribui para conferir a urgência que vimos reclamando, pelo menos, desde 2018, de definir e aplicar as políticas públicas adequadas para enfrentar a crise sistémica de seca e escassez que se instalou entre nós, na Península Ibérica, na Bacia do Mediterrâneo e na Europa.

Porém, a APDA continuará a trabalhar, como vem fazendo, por forma a contribuir para a construção das soluções e medidas necessárias, fazendo-se ouvir, como sempre, na mobilização do setor e da sociedade, com vista a considerar, de facto, a água uma prioridade inquestionável. Aguardamos, com alguma expetativa, que lugar e importância virão a ser dadas às propostas eleitorais que concorram para garantir a segurança hídrica do País e a sustentabilidade dos serviços de água e saneamento, “pedras de toque” para as necessárias políticas de desenvolvimento económico e ambiental. Insistimos que é inadiável colocar a “Água” no topo das agendas nacional e internacional, como afirma com crescente preocupação e convicção o Secretário-Geral das Nações Unidas, António Guterres.

A progressiva atratividade da APDA para se juntarem a nós, como vem acontecendo de forma consolidada, de ano para ano, incluindo a já significativa adesão de jovens profissionais da água, é um fator que muito reforçará o nosso empenho e capacidade de realização para cumprirmos mais e melhor os desafios a que nunca viramos as costas, procurando agregar, de forma ainda mais sólida, mais competências para garantir aos portugueses um bem essencial e insubstituível como a água.

O exemplo recente do ENEG 2023, em novembro último, em Gondomar, comprova-o de forma inequívoca, sendo bem a expressão de como a APDA  é, definitivamente, a mais importante, representativa e mobilizadora organização (sem fins lucrativos) do setor em Portugal, e um parceiro incontornável para a definição e aplicação das estratégias para o futuro da gestão da água e dos seus serviços junto das autoridades com a responsabilidade e a missão de as aprovar e implementar, aos diferentes níveis de poder.

Nesta celebração quero, assim, agradecer a todos os que confiam na APDA e assumem uma participação na nossa atividade, rigorosamente pro bono, e aos que ao longo destes anos vêm trabalhando na construção deste projeto e se empenham, ajudando a melhorar, todos os dias as nossas respostas.

Nesse sentido, colocamos hoje mesmo à vossa disposição, e de todo o Setor e do País, um novo Website que irá contribuir para que mais e melhor informação possa ser disponibilizada e trocada, elevando, desta forma, o nível das nossas capacidades de comunicação e amplificando as interações que a dimensão e expressão nacional e internacional da APDA reclamam.

Bem hajam!
 

13 de janeiro de 2024

Rui Godinho
Presidente do Conselho Diretivo da APDA

Poderá também interessar-lhe

12 de junho de 2024

Pedro Laginha – Qualidades da Água

Pedro Laginha – Qualidades da Água
07 de junho de 2024

Mensagem do Presidente

Mensagem do Presidente
07 de junho de 2024

Seminário Nacional de Abastecimento de Água

Seminário Nacional de Abastecimento de Água